domingo, 15 de março de 2009

Solidão a dois

Tudo o que eu queria hoje era e sumir

Quem sabe por uma fração de segundo

Ou por toda eternidade, nem se quer existir

Meu corpo é tão fétido, minha alma tão suja

Que meu Amor próprio já se Suicidou

E Só me resta um Cigarro amassado, um Café Gelado

E aquele velho disco de Rock 'n' Roll

Que na verdade nem me encanta mais



N.

2 comentários:

Polly. [ignota] disse...

Transparentes palavras (:

bebeka disse...

vc eah tao depressivo...